Língua Portuguesa em Uso > Compreendendo o sujeito indeterminado e oração sem sujeito

Compreendendo o sujeito indeterminado e oração sem sujeito

Gloria Galli


Categorias: sujeito indeterminado | sujeito oculto | oração sem sujeito |

Pergunta do usuário:
Tenho dúvidas sobre sujeito indeterminado e oração sem sujeito.

Sujeito indeterminado

  1. Com verbo na 3ª pessoa do plural, sem referenciação do sujeito no contexto da frase:

    «Disseram que ele não viria.»   
    «Fizeram um mal feito bem feito.»
    
  2. Com verbo na 3ª pessoa do singular + partícula SE (verbo NÃO transitivo direto (VTD)):

  3. Verbo intransitivo (VI):

    «Vive-se bem na Bahia.»  
    «Come-se bem naquele restaurante.»
    
  4. Com verbo de ligação (VL):

    «Era-se feliz naquele tempo.»  
    «Esta-se feliz.»
    
  5. Com verbo transitivo indireto (VTDI):

    «Precisa-se de vendedores.»  
    «Necessita-se de voluntários.»
    

Oração sem sujeito

Oração sem sujeito ou com sujeito inexistente ocorre quando na frase há os chamados verbos impessoais, ou seja:
1. Verbos que exprimem fenômenos da natureza:

«Amanheceu chovendo.»  
«Relampejou a noite toda.»
  1. Verbo haver no sentido de existir:

    «Há flores esquisitas naquele jardim.»  
    «Houve confusão na classe ontem.»
    
  2. Verbos haver, fazer e ir no sentido de tempo decorrido:

    «Há muito não o vejo.»  
    «Faz dez anos que ele se foi.»  
    «Foram quatro anos de luta.»
    
  3. Verbo SER indicando tempo:

    «Eram três horas.»  
    «Era meia-noite.»
    

Ver artigo Sujeitos

Comentários

revisados

Gedini
2013-08-05
Quiasmo

Participe

Faça login para receber nossa newsletter ou enviar dúvidas