Língua Portuguesa em Uso > Ditongos

Ditongos

Desde 25-08-2017. Curado por Araujo

Colaboradores

gloriaedini2, gloriaedini2, colabore!

Ainda não existem categorias associadas com este artigo. Sugerir uma categoria.

Qual é a diferença entre ditongos decrescentes e crescentes?

Nota que completa a explicação acima:
Os ditongos decrescentes: vogal + semivogal
Os ditongos crescentes: semivogal + vogal

gloriaedini2 / 22-10-2017

Temos 'ditongos' quando numa sílaba encontram-se duas vogais juntas. Nesses encontros, chamamos de vogais apenas as letras /a/, /e/ e /o/ e chamamos de semi-vogais, o /i/ e /u/, por serem vogais mais fracas.
Dessa forma, a sílaba que contém o encontro de uma vogal fraca seguida da mais forte caracteriza um ditongo em que o som cresce, portanto, um ditongo crescente:

Orais: á-gua, a-qua-re-la, au-sên-cia, gê-nio, his-tó-ria, Lú-cia, sé-rie etc.

Nasais: quanto, fre-quên-cia etc.

Ditongos decrescentes Orais: au-to, cai-xa, fa-lei, fei-xe, fu-giu, lei, oi-to, pas-téis, per-deu, sal-mou-ra etc.

Nasais: cãi-bra, cem (=ceim), fa-lam (fa-laum) etc.

gloriaedini2 / 22-10-2017

Considere outros artigos

Gedini
2013-08-05
Quiasmo

Envie sua dúvida ou entre em contato

Faça login para enviar suas dúvidas de forma pública.

Entre em nosso chat para suporte online.