Língua Portuguesa em Uso > Adoro provérbios

Adoro provérbios

Desde 14-10-2014. Curado por Gedini

Colaboradores

Ainda não existem colaborações neste artigo. Envie sua colaboração pelo nosso chat.

Categorias: | provérbios |

Os provérbios são as expressões populares que nos levam a refletir sobre o comportamento das pessoas, trazem, de certa forma, um conteúdo filosófico, uma espécie de aviso. O provérbio, também conhecido como ditado popular não perde o sentido com o passar do tempo; vão adaptando-se às novas situações. São exemplos:

Quem com ferro fere, com ferro será ferido!

A lei dos relacionamentos sociais, o jogo de causa e efeito.

Quem não pode com a mandinga, não carrega patuá.

Na África, em um determinado tempo, alguns escravos, para poder servir em trabalhos especiais, tinham o direito de ler e escrever. Estes, denominados mandingas, carregavam um símbolo ao pescoço, o que lhes davam o direito de um tratamento especial por parte dos brancos; este símbolo chamava-se patuá. Alguns escravos, faziam-se passar por mandingas para obter privilégios, porém, se fossem pegos, e não soubessem falar em francês, como era direito dos mandingas, eram açoitados até à morte. Significa que não se deve ostentar uma posição, ou aparência, da qual não se tem competência.

Quem não tem cachorro, caça como gato.

O cão fareja a caça e corre ao seu alcance; o gato, ao contrário, esconde-se e fica à espreita da caça. Daí o significado do ditado: quem não tem cão, caça à maneira do gato, ou seja: quem não consegue algo pelos modos conhecidos, use a criatividade e procure um modo diferente.

Nem tudo que reluz é ouro.

Cuidado com a aparência das coisas.

Quem cabras não tem, e cabritos vende, de algum lugar lhe vêm.

Para vender cabritos, deve-se ter as cabras ou mostrar de onde eles vêm. Portanto, ou somos donos do que mostramos ou...

De boas ceias, as sepulturas estão cheias.

O que é bom não dispensa o uso da razão.

Quem ama o feio, bonito lhe parece.

Tout ce qu'on aime paraît beau. (= tudo que amamos parece-nos bonito.) O conceito de beleza é pessoal e, de certo modo, imposto pela sociedade. O que é feio? Como foi estabelecido o padrão de beleza?

«Casamento e mortalha no céu se talham.»

Provérbio de origem hebraica traduzido para o francês Les mariages se font au ciel ou Les mariages sont écrits au ciel, referindo-se ao valor espiritual da união verdadeira.

«Não se apanham moscas com vinagre.»

On ne prend pas le mouches avec du vinaigre. Significa que com azedume ninguém consegue conquistar bons relacionamentos.

Considere outros artigos

Gedini
2013-08-05
Quiasmo

Envie sua dúvida ou entre em contato

Faça login para enviar suas dúvidas de forma pública.

Entre em nosso chat para suporte online.