LPeU > artigo > Adoro provérbios

14-10-2014. Gloria Galli (trabalhos acadêmicos, revisões de textos, TCC e normas ABNT)

Enviar via e-mail

Categorias: | provérbios |

Chat Dúvidas ou Sugestões

Faça chat com nossos colaboradores

Os provérbios são as expressões populares que nos levam a refletir sobre o comportamento das pessoas, trazem, de certa forma, um conteúdo filosófico, uma espécie de aviso. O provérbio, também conhecido como ditado popular não perde o sentido com o passar do tempo; vão adaptando-se às novas situações. São exemplos:

Quem com ferro fere, com ferro será ferido!

A lei dos relacionamentos sociais, o jogo de causa e efeito.

Quem não pode com a mandinga, não carrega patuá.

Na África, em um determinado tempo, alguns escravos, para poder servir em trabalhos especiais, tinham o direito de ler e escrever. Estes, denominados mandingas, carregavam um símbolo ao pescoço, o que lhes davam o direito de um tratamento especial por parte dos brancos; este símbolo chamava-se patuá. Alguns escravos, faziam-se passar por mandingas para obter privilégios, porém, se fossem pegos, e não soubessem falar em francês, como era direito dos mandingas, eram açoitados até à morte. Significa que não se deve ostentar uma posição, ou aparência, da qual não se tem competência.

Quem não tem cachorro, caça como gato.

O cão fareja a caça e corre ao seu alcance; o gato, ao contrário, esconde-se e fica à espreita da caça. Daí o significado do ditado: quem não tem cão, caça à maneira do gato, ou seja: quem não consegue algo pelos modos conhecidos, use a criatividade e procure um modo diferente.

Nem tudo que reluz é ouro.

Cuidado com a aparência das coisas.

Quem cabras não tem, e cabritos vende, de algum lugar lhe vêm.

Para vender cabritos, deve-se ter as cabras ou mostrar de onde eles vêm. Portanto, ou somos donos do que mostramos ou...

De boas ceias, as sepulturas estão cheias.

O que é bom não dispensa o uso da razão.

Quem ama o feio, bonito lhe parece.

Tout ce qu'on aime paraît beau. (= tudo que amamos parece-nos bonito.) O conceito de beleza é pessoal e, de certo modo, imposto pela sociedade. O que é feio? Como foi estabelecido o padrão de beleza?

«Casamento e mortalha no céu se talham.»

Provérbio de origem hebraica traduzido para o francês Les mariages se font au ciel ou Les mariages sont écrits au ciel, referindo-se ao valor espiritual da união verdadeira.

«Não se apanham moscas com vinagre.»

On ne prend pas le mouches avec du vinaigre. Significa que com azedume ninguém consegue conquistar bons relacionamentos.