LPeU > artigo > Concordância nominal a gente o povo

14-05-2013. Gloria Galli (trabalhos acadêmicos, revisões de textos, TCC e normas ABNT)

Enviar via e-mail

Categorias: concordância nominal | concordância verbal |

Chat Dúvidas ou Sugestões

Faça chat com nossos colaboradores

Pergunta:
[..] Estão corretas as concordâncias?:
"Na rua é o que o povo diz
Com Marta, vamos ser feliz.
"Somos a maior cidade do país
E unidos a gente chega lá
Porque São Paulo não vai parar"[..]

Resposta:

Em «Na rua é o que o povo diz/ Com Marta, vamos ser feliz» é uma concordância de palavra para sentido. O termo o povo está designando o número de pessoas, o que o enunciado pretende privilegiar.

Em «Com Marta, vamos ser feliz» há um erro de concordância, talvez, propositalmente, para rimar com «diz», o que deveria ser «vamos ser felizes». Observamos, no entanto, que há na música um jogo: ora a concordância é feita com o pronome nós, no qual o falante se inclui, ora é feita com o coletivo povo, termo também privilegiado. Essas colocações ocorrem em literatura e pode ser considerada como licença poética.

Leva-se também em consideração a lei de atração, isto é, a concordância com o termo mais próximo do verbo: (nós) somos // (a gente) chega. Assim, entendemos a permissividade para as expressões da música, embora, isoladamente, haja erro de concordância.