LPeU > artigo > Narrativa - quebra da expectativa

14-05-2013. Gloria Galli (trabalhos acadêmicos, revisões de textos, TCC e normas ABNT)

Enviar via e-mail

Categorias: narrativas | momentos da narrativa | produção textual | textos narrativos |

Chat Dúvidas ou Sugestões

Faça chat com nossos colaboradores

Terceiro momento: quebra da expectativa
O terceiro momento desta narrativa apresenta uma quebra da expectativa, ou seja, o personagem toma decisões diante dos estímulos apresentados a ele. Observa-se que nesse momento predominam os verbos de ação e de processo.

Veja a seguir a importância que tem o significado dos verbos para a construção do sentido do texto.

Para ilustrar esse momento, buscamos excertos do texto Nasce um marinheiro

(...)Embarquei no dia 1º de setembro de 1651, sem consultar pai ou mãe. Nem mesmo os avisei.Assim que o veleiro saiu do porto, foi envolvido por enormes ondas. Durante a noite, a tempestade continuou a brincar com a embarcação, como o gato que maldosamente se diverte com o rato: depois de encurralá-lo e conhecendo seu próprio poder, sabe que o fim depende exclusivamente de sua vontade e que cabe a ele colocar um ponto final no jogo da morte. A completa escuridão da noite no mar tornava a situação mais assustadora.
(fonte: Nasce um marinheiro. Extraído do obra Daniel Defoe. Robson Crusoé.(adaptação de Werner Zotz). São Paulo:Scipione. 2001.p.9-11)