LPeU > artigo > Poema e poesia

07-05-2015. Gloria Galli (trabalhos acadêmicos, revisões de textos, TCC e normas ABNT)

Enviar via e-mail

Categorias: gênero de textos | poemas | poesia |

Chat Dúvidas ou Sugestões

Faça chat com nossos colaboradores

Poema e poesia confundem-se, mas não sinônimos.
«A poesia materializa-se no poema». Daí podemos dizer que:

"suprema forma de beleza" (Mallarmé)

"criação rítmica da beleza"
(Edgar Allan Poe)

"pouco importa, literalmente, é que ela encontre o seu núcleo no poema, feito e trabalhado precisamente para consegui-la. Ela é indefinível, porém definidora".
(Cassiano Ricardo)

“Um bom poema é aquele que está lendo a gente... e não a gente a ele!»
(Mario Quintana)

Tomemos um exemplo, no qual sentimos a poesia expressa por Cecilia Meirelles ao apresentar o cenário do seu poema Romanceiro da Inconfidência:
- […] os poemas denominados Cenário ambientam e situam o leitor no palco dos eventos que serão apresentados nos romances.

Cenário
..
Eis a estrada, eis a ponte, eis a montanha
Sobre a qual se recosta a igreja branca.
...
Eis o cavalo pela verde encosta.

Eis a soleira, o pátio, e a mesma porta.
E a direção do olhar. E o espaço antigo
Para a forma do gesto e do vestido.
[…]
..
Fonte: SALOMÃO et. al. O ROMANCEIRO DA INCONFIDÊNCIA DE CECÍLIA MEIRELES: entre o antigo e o moderno, entre o lírico e o épico . acessível em: http://periodicos.unifacef.com.br/index.php/rel/article/view/415.