Login
por Gedini em 2013-05-15.

O que são substantivos sintéticos e quais as suas terminações

Derivação gradativa do substantivo

Este processo significa que os substantivos podem apresentar-se na forma diminutiva e também na aumentativa. Quando essa forma de gradação (de grau) é formada com o auxílio de um sufixo (muro - murinho - murão), dizemos que o diminutivo ou o aumentativo está na forma sintética. Em português, a forma sintética apresenta-se de dois modos: sintética regular e irregular.

Diminutivos sintéticos regulares

São aqueles formados com o acréscimo dos sufixos '-inho' e '-zinho':

caderno - caderninho // casa - casinha // mel - melzinho // mesa - mesinha

Diminutivos sintéticos irregulares

São aqueles formados com o acréscimo de sufixos diferentes dos tradicionais, acima citados. Por exemplo: -eta, -icha, -ola, -ela etc.:

vara - vareta // barba - barbicha // porta - portinhola // vila - vilela etc

Aumentativos sintéticos regulares

Geralmente são formados pelos sufixos -ão e -zão:

cabeça - cabeção // livro - livrão // pé - pezão etc.

Aumentativos sintéticos irregulares

São aqueles formados com o acréscimo de outros sufixos, ou seja, fogem da forma tradicional.Por exemplo: -orra, -aço, -ázio, -edo etc:

cabeça - cabeçorra // fogão - fogaréu // limão - limonaço // copo - copázio // rocha - rochedo etc.

Compartilhe

Sobre o artigo

Este conteúdo foi originalmente criado por Gloria Galli, nome de usuário Gedini, em 2013-05-15 e está disponível com a licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Outros autores também podem colaborar com este artigo.

Você poderá referenciar este artigo com o uso do link abaixo e incluir nota com o nome do autor: