LPeU - língua portuguesa em uso Língua Portuguesa em Uso

Criado por Gedini
em 2013-05-21.

O que é superlativo absoluto?

Há dois graus para o adjetivo: grau comparativo e grau superlativo. Falamos agora sobre o grau superlativo. Clique em Graus do adjetivo - comparativo para visualizar o artigo correspondente.

Grau superlativo

Usamos o grau superlativo para elevar ao máximo uma qualidade, o que pode ser feito de duas maneiras: o superlativo relativo e o absoluto.

  • Superlativo relativo Trata-se de elevar a qualidade de um ser comparando-o com outro ser, podendo ocorrer superioridade ou inferioridade:

    «Esta árvore é a mais alta de todas. (superioridade)  
    «Paulo é o atleta menos ágil do time. (inferioridade).
    
  • Superlativo absoluto
    O superlativo absoluto assume duas formas: absoluto sintético e absoluto analítico.

  • O absoluto sintético divide-se em regular e irregular.

    • Absoluto sintético regular: sufixo '-íssimo''logo depois da palavra:

          limpo - limpíssimo
      
    • Absoluto sintético irregular - sufixo '-rimo' ou '-íssimo' após a forma erudita da palavra, ou seja, a sua forma latina ou até mesmo uma forma especial:

          áspero - aspérrimo
      
  • O absoluto analítico é formado com auxílio de uma palavra intensiva, seja adjetivo ou advérbio:

        «Ela é muito alta.»  
        «Ela é muitíssimo inteligente.»  
        «Paulo é extraordinariamente atencioso.»
    

Alguns superlativos absolutos sintéticos regulares:

bela - belíssima; cheio - cheíssimo; estranho - estranhíssimo; feio - feíssimo; feliz - felicíssimo; ímpio - impiíssimo; normal - normalíssimo; popular - popularíssimo etc.

Alguns superlativos absolutos sintéticos irregulares

amável - amabilíssimo; alto - supremo, sumo, altíssimo; amargo - amaríssimo; amigo - amicíssimo; antigo - antiquíssimo; baixo - ínfimo, baixíssimo; bom - ótimo, boníssimo; célebre - celebérrimo; difícil - dificílimo; feliz - felicíssimo; feroz - ferocíssimo; fiel - fidelíssimo; frio - frigidíssimo; grande - máximo, grandíssimo; íntero - intergérrimo; jovem - juveníssimo; livre - libérrimo; magro - macérrimo, magérrimo; mal - péssimo, malíssimo; manso - mansuetíssimo; pequeno - mínimo, pequeníssimo; pobre - paupérrimo, pobríssimo; preguiçoso - pigérrimo; sábio - sapientíssimo; senil - senilíssimo; simples - simplíssimo; veloz - velocíssimo.

Veja também Graus do adjetivo

Participar neste artigo Utilize este botão para adicionar seus comentários. Depois de adicionar seu comentário, você será direcionado para criar um login para validar seu comentário.

Este conteúdo foi originalmente criado por Gloria Galli, nome de usuário Gedini, em 2013-05-21 e está disponível com a licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Outros autores também podem colaborar com este artigo.

Você poderá referenciar este artigo com o uso do link abaixo e incluir nota com o nome do autor:

Salvar e enviar para meu e-mail
Votar (1 estrela)
Votar (2 estrelas)
Votar (3 estrelas)

Enviar Você será enviado para criar um 'login' com seu e-mail.