LPeU > artigo > Compania ou companhia

23-07-2014. Marcio

Enviar via e-mail

Categorias: ortografia | léxico | morfologia |

Gostaria de saber a forma mais correta mas também algo mais, como por exemplo as referências, sejam elas no contexto literário, histórico, etc.

Resposta:

A grafia correta é COMPANHIA. Veja os verbetes que encontramos:
Companhia s.f.
1. Ação de acompanhar alguém. 2. Aquele que acompanha. 3. Convivência, intimidade. 4. Sociedade comercial ou industrial formada por sócios ou acionistas. 4. Mil. Subdivisão de um batalhão.

Larousse Cultural. Dicionário da Língua Portuguesa. São Paulo: Editora Universo. 1992 p. 246.

Se olharmos a questão pelo viés do português de hoje, dizer ou escrever compania ao invés de copanhia é um desvio da forma correta, explicado pelo fenômeno linguístico denominado despalatalização. A despalatalização, segundo Hélio Jota, é “a perda da palatalidade de um fonema."[...] pelo descuido de alguns "[...] que mudam o NH ou LH por N ou L antes do E ou I: companía (por companhia), muler (por mulher)”. Para o autor, é apenas um fato fonético.

JOTA, Hélio dos Santos. Dicionário de linguística. Rio de Janeiro: Presença. (1981)

Porém, olhando a língua como um processo histórico, verificamos que as consoantes palatais : [ch], [lh], [nh] não constavam no sistema de fonemas latinos, origem da nossa língua. Dessa forma, o vocábulo primeiro pode ter sido compania e com o tempo passou a ser companhia. Assim, houve um fenômeno contrário, o de palatalização, que é a ação de articular um fonema na região palatal. Esse fenômeno linguístico é um metaplasmo, na sua modalidade metaplasmo de transformação. As consoantes molhadas /lh/ e /nh/ são ‘consoantes palatais’.

Consoantes palatais
As consoantes (/nh/ e /lh/), às quais nos referimos, são articuladas pela parte central da língua + final do palato duro. São representadas pelos símbolos fonéticos: [ɲ] , [λ]: (banha, palha).

Veja artigo em: Metaplasmos: visão geral

Gedini / 23-07-2014