LPeU - língua portuguesa em uso Língua Portuguesa em Uso

Criado por Gedini
em 2013-05-13.

Como identificar numa frase um verbo de estado

Os verbos de estado indicam situações não dinâmicas, nas quais os envolvidos no processo verbal não sofrem qualquer alteração. Portanto, para reconhecer um verbo de estado, recorre-se ao sujeito que não deve ser agente, nem paciente, causativo. O sujeito desse verbo ou é experimentador ou beneficiário da ação verbal. Há verbos que ora designam ações, ora estados, dependendo, portanto, da natureza do sujeito:
Exemplos:

«Luiz mora em Roma.» (estado)  
«Maria fala Esperanto.» (estado)  
«O deputado apontou por aqui às 6 horas da manhã.» (ação)  
«Os dados da pesquisa apontam para uma vitória assustadora.» (estado)  
«A equipe verde bate a amarela em habilidade e carisma.» (estado)  
«Quando a mãe bate no filho é sinal que já perdeu.» (ação)

nota:
Os verbos existenciais caracterizam verbos de estado:
«Fantasmas não existem.»

Participar neste artigo Utilize este botão para adicionar seus comentários. Depois de adicionar seu comentário, você será direcionado para criar um login para validar seu comentário.

Este conteúdo foi originalmente criado por Gloria Galli, nome de usuário Gedini, em 2013-05-13 e está disponível com a licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Outros autores também podem colaborar com este artigo.

Você poderá referenciar este artigo com o uso do link abaixo e incluir nota com o nome do autor:

Salvar e enviar para meu e-mail
Votar (1 estrela)
Votar (2 estrelas)
Votar (3 estrelas)

Enviar Você será enviado para criar um 'login' com seu e-mail.