LPeU > artigo > O pronome lhe como objeto direto

05-05-2013.

Enviar via e-mail

Categorias: função pronominal | pronome lhe | objeto indireto | pronomes oblíquos | função sintática |

Dúvidas sobre a função do pronome lhe

Veja o exemplo: "Ajeito-lhes as cobertas"
Função do pronome oblíquo lhes: objeto indireto.

Recapitulando:

Objeto indireto

Denominado por Bechara complemento indireto, o objeto indireto é compreendido semanticamente como um elemento que preenche uma casa vazia aberta pelo sentido do verbo, e que precisa de uma preposição, geralmente a, às vezes para.

Em "Ajeito-lhes as cobertas", o verbo ajeitar pede argumentos, isto é, casas vazias a serem preenchidas para facilitar o sentido da frase:
O primeiro argumento corresponde ao sujeito da oração (definido pela terminação verbal) - eu;
o segundo, preenchendo a segunda casa vazia, exigido pelo sentido do verbo: - o quê se ajeita? - ajeita-se algo, que corresponde a cobertas (este sim, é o objeto direto);
o terceiro argumento é o introduzido pela preposição, representado pelo pronome oblíquo lhes, o que a gramática tradicional trata como objeto indireto (lhes = sobre eles).

"Ajeito-lhes as cobertas" (= Ajeito as cobertas sobre eles/para eles/a eles)

Outros exemplos com o pronome lhe correspondendo à função de objeto indireto. A mesma explicação que foi dada para o exemplo acima aplica-se às frases:

    Luiz não lhe indicou o caminho.  
    O irmão dizia-lhe para ser mais cauteloso.  
    Vinha-lhe, então, a raiva.