Língua Portuguesa em Uso > A lanterna de Diógenes

A lanterna de Diógenes

Gloria Galli


Categorias: teoria da literatura | expressões populares | Diógenes |

A expressão A lanterna de Diógenes é usada por jornalistas e escritores como símbolo da procura de homens honestos.

Conhecendo a expressão:

Diógenes de Sínope, também conhecido como Diógenes, o cínico, foi um filósofo grego e um dos fundadores da filosofia cínica. Esse filósofo nasceu em Sínope, possivelmente em 404/412 a.C., na Turquia, e morreu em 323 a.C. em Corinto, na Grécia. Exilado de sua terra natal, passou a viver em Atenas e aí criou um estilo próprio de vida, criticando os valores sociais e as instituições, acreditando-as corruptas. O termo cínico, aqui, diferentemente do sentido do senso comum, representa uma filosofia de vida que acreditava-se isenta das regras de pudor criadas pela sociedade – total liberdade ao corpo. No entanto, Diógenes passa a criar um estilo de virtude da pobreza – passou a viver dentro de um grande vaso de barro, instalado em via pública. Porém, o ponto alto da sua história é que ele andava pelas ruas, durante o dia, carregando uma lâmpada, dizendo estar a procura de um homem honesto. Esse é o significado do símbolo de A lanterna de Diógenes.

Ver Machado e a lanterna de Diógenes

Links recomentados:
Diogenes of Sinope
Lanterna acesa à procura de um Homem Honesto!

Comentários

revisados

Gedini
2013-08-05
Quiasmo

Participe

Faça login para receber nossa newsletter ou enviar dúvidas