LPeU - língua portuguesa em uso Língua Portuguesa em Uso

Criado por Gedini
em 2013-05-20.

A questão dos diminutivos

As palavras que terminam com as sílabas 'ça', 'ço', 'çu', quando passam para a forma diminutiva, têm a consoante 'ç' trocada pela consoante 'c' quando esse diminutivo for constituído pelo sufixo '-inho' (por questão fonética), pois antes das vogal 'i', passam a ter sons iguais:

preço – precinho // moço – mocinho // caça – cacinha // almoço - almocinho

Convém lembrar que palavras com maior número de sílabas, mesmo terminadas em vogal átona, normalmente fazem o diminutivo em '-zinho':

árvore – arvorezinha

Mira Matheus, em Gramática da Língua Portuguesa (2003:p. 960) cita a possibilidade de serem concorrentes as formas '-inho' e '-zinho'. No entanto, diz que o uso preferencial parece ser sensível a dois fatores (palavras da autora): "o número de sílabas da forma de base e o universo semântico a que essas formas pertencem". Assim sendo, temos que é preferível:

percurso – percursozinho // árvore – arvorezinha etc

As palavras terminadas em sílaba tônica, ditongos nasais, vogal tônica, já é sabido que formam o diminutivo em '-zinho':

anel - anelzinho // animal = animalzinho // funil = funilzinho // cão = cãozinho etc.

O plural dos nomes em '-zinho'.

Ainda, aqui, Bechara nos diz: põe-se no plural os dois elementos e suprime-se o 's' do substantivo:

cão/cães – cãezinhos (ção + zinho) // pão/pães – pãezinhos // animal/animais - animaizinhos // anão/anões – anõezinhos etc.

Palavras terminadas em 's' ou 'z', o emprego normal é '-inho':

burguês - burguesinho // lapis – lapisinho // cartaz – cartazinho // rapaz – rapazinho

No entanto, a questão do emprego dos sufixos diminutivos, que são muitos (não existem apenas '-inho' e '-zinho'), observamos o que diz Evanildo Bechara – Moderna Gramática Portuguesa.Editora Lucerna.(1999, p. 127):

a) terminando em vogal átona ou consoante (exceto -s e -z) é indiferente a escolha do sufixo '-inho' ou '-zinho':

corpo – corpinho/corpozinho // flor – florinha/florzinha // mulher – mulherinha// mulherzinha

b) terminando em vogal nasal, vogal tônica ou ditongo, o emprego é '-zinho' '-zito' etc.:

boné – bonezinho // siri – sirizinho // cão -cãozinho etc.

Ver também Aumentativos e diminutivos

Participar neste artigo Utilize este botão para adicionar seus comentários. Depois de adicionar seu comentário, você será direcionado para criar um login para validar seu comentário.

Este conteúdo foi originalmente criado por Gloria Galli, nome de usuário Gedini, em 2013-05-20 e está disponível com a licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Outros autores também podem colaborar com este artigo.

Você poderá referenciar este artigo com o uso do link abaixo e incluir nota com o nome do autor:

Salvar e enviar para meu e-mail
Votar (1 estrela)
Votar (2 estrelas)
Votar (3 estrelas)

Enviar Você será enviado para criar um 'login' com seu e-mail.