LPeU - língua portuguesa em uso Língua Portuguesa em Uso

Criado por Gedini
em 2013-05-19.

Ditongos crescentes e decrescentes

Recordando:
Ditongo é o encontro vocálico, numa única sílaba, de uma semivogal + vogal (ditongo crescente) ou vogal + semivogal (ditongo decrescente).

Ao estudar os ditongos, consideramos:
vogais: os sons /a/, /e/, /o/ semivogais: os sons: /i/ /u/, representando semitons.

Assim, os encontros vocálicos formados por semivogal + vogal constituem os ditongos crescentes (ia, ua, etc); os constituídos por vogal + semivogal são os decrescentes: (ai, ei etc).

  • Ditongos crescentes

Orais:
á-gua, a-qua-re-la, au-sên-cia, fér-reo, gê-nio, his-tó-ria, Lú-cia, sé-rie etc.

Nasais:
quanto, fre-quên-cia, pin-guim etc.

  • Ditongos decrescentes

Orais:
auto, cai-xa, fa-lei, fei-xe, fugiu, lei, oito, pai-xão, pas-téis, per-deu, sal-mou-ra, seu, vai, vai-da-de etc.

Nasais:
cãi-bra, cem, mui-to, fa-lam etc.

Ver também Som nasal, ditongo, vogal tônica e átona

Contribuição Por alice
em 2014-06-30
(0)  

a palavra soalheira contem quantos hiatos e quantos ditongos oral decrescente

Participar neste artigo Utilize este botão para adicionar seus comentários. Depois de adicionar seu comentário, você será direcionado para criar um login para validar seu comentário.

Este conteúdo foi originalmente criado por Gloria Galli, nome de usuário Gedini, em 2013-05-19 e está disponível com a licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Brasil. Outros autores também podem colaborar com este artigo.

Você poderá referenciar este artigo com o uso do link abaixo e incluir nota com o nome do autor:

Salvar e enviar para meu e-mail
Votar (1 estrela)
Votar (2 estrelas)
Votar (3 estrelas)

Enviar Você será enviado para criar um 'login' com seu e-mail.